sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Corpo e Fotografia

"Tomando como contexto uma sociedade que cada vez mais produz um ideal de corpo baseado em padrões midiáticos, o corpo apresenta-se como simulacro, ele se molda e é tomado por imagens construídas e estereotipadas de um ideal a ser atingido, um ideal de forma física." in http://corpoefotografia.wordpress.com/, "Na contramão". O corpo na dissecação teórica da imagem e do seu referente. O Corpo para lá da fotografia de um erótico nu. O Corpo ele mesmo aquele invólucro que sustém a funcionalidade do ser.

Anuschka Lemos  Fora de Lugar


quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Entre a Narrativa e a Foto-Ilustração

Photographic storytelling

by Hans Durrer


Colocado ao lado de um Fotojornalismo narrativo, nunca sentirei razões que justifiquem a constante presença das portas que se abrem para a entrada de um mero momento ilustrativo em que a Fotografia assume o papel de orientadora do discurso não representativo do facto para passar a ser mera linha de orientação ilustrativa.

"Photographic storytelling by Hans Durrer" é um texto que adiciona mais algumas linhas de análise ao momentos porque perpassa a realidade do Fotojornalismo do presente. 




terça-feira, 14 de dezembro de 2010

LA PHOTOGRAPHIE N’EST PAS L’ART - COLLECTION SYLVIO PERLSTEIN

Um encontro casual com uma exposição de Fotografia realizada no "MUSÉE D’ART MODERNE ET CONTEMPORAIN DE LA VILLE DE STRASBOURG" entre 5 de Fevereiro e 25 de Abril deste ano em torno da Colecção Sylvio Perlstein. Uma visita virtual compensa a falta da viagem em tempo oportuno. Aqui fica mais uma proposta.



Pelos Caminhos da Fotografia Documental


Homens do século XX - August Sander


   Num percurso pelo trabalho de August Sander e o seu "Homens do Século XX" , Paulo José Rossi leva-nos no percurso em que segundo ele  " Homens do século XX é a narração da interpretação de Sander sobre aquele período histórico da Alemanha. Deste ponto de vista, a análise empreendida não interpreta somente a obra, mas também interpreta a interpretação circunstanciada daquele que a concebeu. Não se trata, portanto, de um estudo sobre os fatos narrados, mas sim sobre a forma como Sander os narrou, sua percepção do mundo inscrita na interpretação que ele faz do real circunstanciada por diversos fatos sociais", desta forma a sua dissertação de mestrado torna-se um olhar sobre a obra e o pensamento de Sander e em que a Fotografia Documental é não a narração dos factos mas sim a forma de narrativa assumida e concebida por August Sander.

Pode a tese ser descarregada em ficheiro PDF no endereço:

http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-28042010-095602/publico/PAULO_JOSE_ROSSI.pdf


sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Fotografia Documental

Ao ser-me solicitada a indicação de "textos" relativos ao género fotográfico denominado de "Documental" senti-me obrigado a partilhar com os interessados alguma informação sobre o que "compartimenta" o conceito de Fotografia Documental.
  É vasto o material publicado se bem que não tão vasto quanto o é o conjunto de fotografias padronizado como tal. Uma viagem pelo mundo editorial relativo à Fotografia e poder-se-há afirmar que a grande maioria das fotografias que se nos apresentam podem ser englobadas dentro dos parâmetros atribuídos à Fotografia Documental.

 Uma fotografia de viagem é por si só razão de documentabilidade pelas informações que podem propiciar relativamente a gentes e lugares. Mas, sendo um tema tão extensamente tratado, aqui ficam alguns endereços para leitura dos mais interessados.







neste endereço pode ser descarregado o texto todo. Está em PDF